Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Um dos 682 médicos contratados para o Brasil reprovou nos exames

Lusa

  • 333

Brasília, 20 set (Lusa) -- As autoridades de Saúde do Brasil revelaram que apenas um dos 682 médicos estrangeiros contratados na primeira fase do programa "Mais Médicos" foi reprovado nas avaliações que o Ministério do setor está a realizar.

O médico reprovado obteve menos do que os 30 % exigidos como mínimo nas provas e avaliação, é de nacionalidade libanesa e trabalhava na Ucrânia antes de ser pré-selecionado para trabalhar na cidade brasileira de Franco da Rocha, na região metropolitana de São Paulo.

Outros quatro clínicos que trabalhavam em Cuba, três na Venezuela, um na Rússia, um na Bolívia, outro na Argentina e outro em Espanha tiveram uma classificação entre 30 % e 50 %, pelo que devem passar à fase seguinte do processo que irá, ou não, conceder autorização para que trabalhem no Brasil.