Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Ulrich sugere Carlos Moedas para "comandar" trabalho de crescimento económico

Lusa

  • 333

Lisboa, 06 fev (Lusa) - O presidente executivo do BPI considerou hoje o secretário de Estado-adjunto, Carlos Moedas, como um homem apto para "comandar" o trabalho de revitalizar a economia portuguesa em virtude da sua experiência de trabalho com a 'troika'.

Para Fernando Ulrich, é preciso "reunir as empresas principais e/ou mais dinâmicas de cada setor, o Governo e os bancos" para se chegar a uma metodologia comum de crescimento económico.

Carlos Moedas, que tem seguido de perto o programa de assistência financeira a Portugal, deveria ser o homem a liderar o processo, até porque, sustentou o banqueiro, está habituado a trabalhar com a 'troika' de assistência financeira internacional [Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu] "com uma perna às costas".