Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

UGT/Congresso:Medidas de austeridade "têm sido extremas", diz líder da Confederação Sindical Internacional

Lusa

  • 333

Lisboa, 20 abr (Lusa) - A secretária-geral da Confederação Sindical Internacional (CSI), Sharan Burrow, considerou hoje que as medidas de austeridade impostas a Portugal "têm sido extremas" e as alterações feitas às condições de trabalho "não foram negociadas".

"Foram impostas. Isto não é um processo democrático. Antes debilita toda a fundação da democracia. Trata-se de uma ditadura económica", disse ainda Sharan Burrow, na abertura do XII Congresso da União Geral de Trabalhadores (UGT), hoje em Lisboa.

A sindicalista elogiou ainda a ação dos sindicatos portugueses, considerando que a luta em defesa dos direitos dos trabalhadores portugueses face às medidas impostas pela 'troika' (Fundo Monetário Internacional, Comissão Europeia e Banco Central Europeu) "é uma fonte de inspiração".