Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

UGT reafirma que não vai aderir à greve geral convocada pela CGTP

Lusa

  • 333

Lisboa, 24 out (Lusa) -- O secretário-geral da UGT, João Proença, reiterou hoje que não se irá unir à CGTP na greve geral de 14 de novembro e classificou de "sectária" a posição assumida pela Intersindical ao não ter dialogado com esta estrutura sindical.

"Em Portugal foi marcada uma greve geral com caráter sectário e divisionista. Nunca em Portugal nas três greves gerais realizadas quer em 2010, em 2011, quer a primeira em 1988, nunca se avançou para uma greve geral sem as duas estruturas sindicais", afirmou João Proença em conferência de imprensa.

Após a reunião do Secretariado Nacional, João Proença reiterou: "Defendemos a unidade na ação na base de objetivos comuns ou ações convergentes, o que exige diálogo prévio".