Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

UGT e CGTP consideram que aumento do desemprego prova ineficácia de medidas de combate

Lusa

  • 333

Lisboa, 13 fev (Lusa) -- A UGT e a CGTP manifestaram hoje preocupação pelo aumento da taxa de desemprego, que consideraram ser uma prova da ineficácia das políticas desenvolvidas pelo Governo para o seu combate.

De acordo com dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), a taxa de desemprego subiu em Portugal para os 16,9% no quarto trimestre de 2012, face aos 15,8% observados no trimestre anterior, com o número de desempregados em Portugal a ultrapassar os 920 mil.

Para a UGT este número não foi uma surpresa, mas "é motivo de grande preocupação".