Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

UGT contesta promulgação de lei dos subsídios por PR

Lusa

  • 333

Lisboa, 20 jun (Lusa) -- A UGT contestou hoje a decisão do Presidente da República de promulgar a nova lei sobre o pagamento de subsídios de férias aos funcionários públicos e acusou Cavaco Silva de "se subalternizar" ao Governo.

Em comunicado enviado às redações, "a UGT considera que o Presidente da República se subalternizou ao Governo, anuindo mais uma vez a uma situação injusta que coloca em causa os princípios de equidade e igualdade entre trabalhadores".

Depois de o Executivo ter referido que não existiam problemas de tesouraria ou orçamentais para pagamento dos subsídios de férias, a estrutura sindical diz não entender "a discriminação de pagamento entre trabalhadores", uma vez que algumas autarquias já pagaram os subsídios de férias.