Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

UEFA pune CSKA de Moscovo por comportamentos racistas dos adeptos

Lusa

  • 333

Nyon, Suíça, 30 out (Lusa) -- A UEFA puniu hoje o CSKA de Moscovo com o encerramento de um setor do estádio Arena Khimki no próximo jogo do clube na Liga dos Campeões de futebol, devido a comportamentos racistas dos adeptos da equipa russa.

De acordo com a nota publicada no site oficial da UEFA na Internet, o Comité de Controlo e Disciplina puniu o CSKA devido aos "incidentes" no jogo com o Manchester City, que ingleses venceram por 2-1 e durante o qual o médio Yaya Toure foi alvo de cânticos racistas por parte dos adeptos moscovitas.

A decisão do órgão disciplinar da UEFA implica que o CSKA de Moscovo terá de disputar o próximo encontro do grupo D da Liga dos Campeões, com os alemães do Bayern de Munique, campeões em título, com parte do estádio encerrada ao público.