Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

UEFA abre inquérito a comportamento racista de adeptos do CSKA

Lusa

  • 333

Redação, 24 out (Lusa) -- A UEFA anunciou hoje que abriu um processo disciplinar contra o CSKA pela conduta racista dos seus adeptos durante o jogo da terceira jornada da Liga dos Campeões de futebol, na quarta-feira, com o Manchester City.

O processo, no qual também se inclui o incendiar de tochas durante o jogo, vai ser analisado pelo Comité de Controlo e Disciplina da UEFA a 30 de outubro.

O futebolista da Costa do Marfim Yaya Toure, médio do Manchester City, denunciou na quarta-feira que foi vítima de cânticos racistas durante o jogo no estádio Khimki, de Moscovo, onde os ingleses venceram por 2-1.