Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

UE/Emprego: Quatro em cada cinco dos emigrantes portugueses ficaram na Europa - Bruxelas

Lusa

  • 333

Bruxelas, 27 jun (Lusa) - Cerca de 82 por cento dos portugueses que emigraram em 2010 para trabalhar no estrangeiro fizeram-no dirigindo-se a outros Estados-membros da União Europeia (UE), indicou hoje um relatório de Bruxelas sobre o emprego na Europa.

De acordo com o texto, mais de 19 mil portugueses emigraram em 2010 dentro da Europa por motivos de trabalho, ao passo que apenas quatro mil o fizeram para fora do continente.

A Comissão Europeia adverte que os países da zona euro "continuam a ser os mais afetados pela deterioração do mercado de trabalho", o que origina uma "divergência crescente" entre os Estados-membros da UE no indicador do desemprego.