Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

UE/Cimeira: "Corremos o risco de assistir a uma revolta social" - Junker

Lusa

  • 333

Bruxelas, 14 mar (Lusa) -- O primeiro-ministro do Luxemburgo, Jean-Claude Junker, alertou hoje, em Bruxelas, para o perigo de uma "revolta social" na Europa e sublinhou a necessidade de um maior equilíbrio entre austeridade e crescimento.

"Não excluiria que corremos o risco de assistir a uma revolta social", disse Junker, à entrada do Conselho Europeu, que se reúne hoje e sexta-feira para analisar a situação económica da União Europeia (UE).

Juncker considerou ainda que a UE tem que "explicar melhor" as suas políticas económicas, nomeadamente a necessidade de se cumprirem os limites do défice e da dívida pública.