Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

TV mostra desespero de comerciante obrigado a baixar preços na Venezuela

Lusa

  • 333

Caracas, 17 nov (Lusa) - As televisões privadas da Venezuela divulgaram, no sábado, um vídeo sobre o desespero de um comerciante árabe obrigado a baixar os preços dos produtos da sua loja e que foi detido pela Guarda Nacional (polícia militar).

"O que comprei a 60 mil bolívares (7.110 euros) não posso vender a seis (mil) (o equivalente a 711 euros). (...) Isto é um desrespeito, é o nosso dinheiro, não me deixem sem nada", gritava Hakimn Raffai, proprietário de uma loja de eletrodomésticos em El Tigre, a sudeste de Caracas.

Apesar da versão oficial dar conta da comercialização de produtos com preços 260% superiores e de os empregados insistirem que tinham as "faturas de tudo" e que a medida era exagerada, o comerciante viu os seus produtos serem vendidos ao público com 70% de desconto.