Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Turismo: Fim do maior projeto para Alqueva implica perda de 500 postos de trabalho

Lusa

  • 333

Reguengos de Monsaraz, 08 ago (Lusa) -- Os promotores do maior complexo turístico para o Alqueva, liderados por José Roquette, garantiram hoje que o processo de insolvência apresentado em tribunal implica o fim do projeto e a perda de 500 postos de trabalho.

"A paragem do projeto implica a perda de cerca de 200 empregos diretos e 300 indiretos, que seriam criados só nesta primeira fase [das obras], e o fim do projeto âncora do destino turístico Alqueva", frisou a Sociedade Alentejana de Investimentos e Participações (SAIP).

Em informação enviada hoje à Agência Lusa, a SAIP revelou que as suas empresas ligadas ao projeto turístico Roncão d'El Rei -- antigo Parque Alqueva -, no concelho de Reguengos de Monsaraz, "apresentaram-se, na terça-feira, a Processo Especial de Insolvência".