Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Turismo do Norte admite providência cautelar contra eleições na Rede de Judiarias

Lusa

  • 333

Porto, 20 nov (Lusa) - O presidente do Turismo do Porto e Norte de Portugal admitiu hoje recorrer a uma providência cautelar caso não sejam repetidas as eleições na Rede de Judiarias, para as quais aquela entidade não foi convocada.

Em declarações à Lusa, o presidente da entidade regional de Turismo do Porto e Norte de Portugal, Melchior Moreira, disse que já transmitiu o seu desagrado pelo sucedido ao presidente da assembleia-geral da Rede de Judiarias de Portugal, António Ceia da Silva, dirigente, por seu lado, da entidade regional de turismo do Alentejo.

O ato eleitoral realizou-se na segunda-feira, em Belmonte, sem que tenham sido convocadas as entidades regionais de turismo do Centro e do Porto e Norte, denunciou hoje o presidente do Turismo do Centro, Pedro Machado, que reclamou a nulidade do voto.