Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Turbulência no sistema financeiro espanhol continua um ano depois do 'resgate'

Lusa

  • 333

Madrid, 8 jun (Lusa) - Um ano depois do resgate bancário espanhol aprovado pelo Eurogrupo e apesar das provisões de milhares de milhões realizadas e dos processos de fusões, aquisições e integrações, o setor financeiro em Espanha contínua envolto em alguma turbulência.

Longe parecem estar os meses de 2011 e 2012 marcados pelo difícil contexto de acesso à liquidez, pela pressão dos mercados da dívida soberana e pelas dificuldades de cumprimento das exigências de capital tanto europeias como espanholas.

O risco da dívida caiu acentuadamente, as entidades corrigiram muitos dos seus problemas e a fuga de capitais desacelerou - depois do recorde de 179 mil milhões de euros que, em 2012, saíram do país.