Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

"Tudo falhou" e o país "não pode esperar até 2015" por uma nova política - Jerónimo de Sousa

Lusa

  • 333

Lisboa, 04 out (Lusa) -- O secretário-geral do PCP afirmou hoje que com o atual Governo "tudo falhou" e Portugal "não pode esperar até 2015" por uma nova política, sublinhando que há agora um "clamor de indignação e protesto" por todo o país"

"O Governo que hoje é confrontado com a nossa moção de censura é um Governo cada vez mais isolado, um Governo cada vez mais desacreditado aos olhos dos portugueses. Os portugueses afirmam-no todos os dias, enchendo as praças e as ruas deste país", sublinhou Jerónimo de Sousa, na abertura do debate no Parlamento das moções de censura ao Governo do PCP e do BE.

"O clamor de indignação e protesto que se ouve por todo o país é porque o país sente e vê que neste Governo a injustiça perpassa por todas as suas decisões" e por "já não haver sacrifício que possa encobrir a farsa do discurso da equidade nos sacrifícios", acrescentou.