Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal tailandês culpa exército pela terceira vez em caso de morte de "camisa vermelha"

Lusa

  • 333

Banguecoque, 18 dez (Lusa) -- Um tribunal tailandês considerou o exército culpado da morte de um taxista durante os protestos dos "camisas vermelhas" em 2010, a terceira morte atribuída aos soldados, revelou hoje a imprensa local.

Os juízes consideraram que Chartchai Chalao, partidário da Frente Unida para a Democracia e Contra a Ditadura, mais conhecidos como os "camisas vermelhas", morreu por disparos efetuados por soldados a 13 de maio de 2010.

Por confirmar, contudo, ficou a unidade do exército responsável pela morte.