Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal tailandês atribui mais uma morte dos protestos dos "camisas vermelhas" aos militares

Lusa

  • 333

Banguecoque, 21 dez (Lusa) -- Um tribunal tailandês considerou que o exército do país é o responsável pela morte de um menor de idade durante os protestos dos "camisas vermelhas" em 2010, a quarta morte atribuída aos soldados, revelou a imprensa do país.

Os juízes consideraram que Khunakorn Srisuwan, de 14 anos, morreu com um tiro nas costas quando se encontrava nas imediações da zona de Ratchaprarop, onde se concentravam em manifestação os seguidores da Frente Unida para a Democracia e contra a Ditadura, ou "camisas vermelhas" como ficaram conhecidos, na madrugada de 15 de maio de 2010.

Vários testemunhos declararam que na noite dos acontecimentos viram o menos, que residia num orfanato e padecia de hiperatividade, brincando junto dos militares.