Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal suspende eleições de outubro da Federação Portuguesa de Vela

Lusa

  • 333

Lisboa, 16 jan (Lusa) -- O Tribunal da 12.ª Vara Cível de Lisboa ordenou a suspensão das deliberações tomadas na Assembleia-Geral eleitoral da Federação Portuguesa de Vela após uma providência cautelar movida por três associações.

A decisão, tomada segunda-feira, foi hoje divulgada à agência Lusa pelo presidente da Associação Portuguesa de Regatas (APR), Nuno Henriques, um dos proponentes da providência cautelar, que contestam a legalidade do colégio eleitoral que elegeu os atuais órgãos sociais.

"A nossa providência cautelar suspendeu o ato eleitoral, mas não o cancelou. Já requeri ao meu advogado para entrar com a ação principal para a anulação do ato eleitoral", disse Nuno Henriques à Lusa.