Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal romeno condena oito agentes desportivos a penas de prisão

Lusa

  • 333

Bucareste, 12 nov (Lusa) - Um tribunal de Bucareste determinou penas de prisão a oito agentes desportivos, por fuga aos impostos e lavagem de dinheiro, crimes relacionados com a transferência de 12 jogadores entre 1999 e 2005.

Aquele tribunal condenou hoje o presidente do Rapid de Bucareste, George Copos, a cinco anos de prisão, enquanto o director executivo do Dinamo de Bucareste, Cristi Borcea, foi condenado a sete anos.

Entre os condenados estão também os agentes de jogadores Ioan Becali e Victor Becali, primos do ex-presidente do Steaua de Bucareste, "Gigi" Becali, que foram sentenciados a oito e sete anos de prisão, respetivamente.