Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal do Porto aceita providência de sapadores bombeiros contra 40 horas

Lusa

  • 333

Porto, 14 nov (Lusa) -- O Tribunal Fiscal e Administrativo do Porto aceitou a providência cautelar interposta pelo Sindicato Nacional de Bombeiros Profissionais contra a aplicação das 40 horas semanais na Câmara Municipal do Porto, revelou hoje a estrutura sindical.

A providência cautelar, refere comunicado, tinha como objetivo "impedir a aplicação das 40 horas semanais no Batalhão Sapadores Bombeiros do Porto, previstas na revisão do Código de Trabalho".

O sindicato informa ainda que "levantará providências cautelares a todos os municípios que quiserem aplicar as 40 horas semanais sem consultar as estruturas sindicais".