Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal do Porto absolveu GNR das acusações de homicídio

Lusa

  • 333

Porto, 06 dez (Lusa) - A 4.ª Vara Criminal do Porto absolveu hoje um militar da GNR que matou um jovem e feriu outro durante uma perseguição, condenando-a apenas a multa por ofensas a um terceiro.

A decisão judicial acaba por se assemelhar à proferida num primeiro julgamento do caso, que foi agora repetido parcialmente por ordem da Relação do Porto.

Na leitura do acórdão deste julgamento-repetição, o coletivo de juízes considerou que o soldado Pedro Carvalho só disparou quando estavam esgotados os outros meios possíveis para imobilizar a viatura em seguiam as pessoas atingidas.