Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal deu razão à TAAG no caso de penhora de empresário português

Lusa

  • 333

Luanda, 10 nov (Lusa) - O tribunal de Vila Nova de Gaia, norte de Portugal, deu razão à companhia aérea angolana TAAG no caso da penhora interposta por um empresário português contra o Estado angolano, segundo um comunicado da empresa enviado hoje à Lusa.

Em causa está a retenção por algumas horas, no passado dia 19 de setembro, de um Boeing-777 da TAAG, no Aeroporto Francisco Sá Carneiro, no Porto, na sequência de uma ação judicial movida pelo empresário Manuel Lapas Correia contra o Estado angolano.

A aeronave levantou voo somente depois de a TAAG ter procedido ao depósito de uma caução, no valor de 368.823,38 euros.