Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal de Sintra absolveu jovem acusado de matar o pai

Lusa

  • 333

Sintra, 23 out (Lusa) - O Tribunal de Sintra absolveu hoje por falta de provas o jovem acusado de matar o pai com um tiro de caçadeira numa quinta na localidade da Tala, em Sintra, em agosto de 2012.

Durante a leitura do acórdão, a juíza presidente Susana Madeira afirmou que "ficou por apurar se foi ou não o arguido" a disparar o tiro de caçadeira que vitimou José Alves, pai de nove filhos que, devido ao alcoolismo desenvolvia um quadro de "terror" sobre a sua família.

A juíza adiantou que o jovem Hugo Almeida, 23 anos, apesar de ter confessado à polícia a autoria do crime a 16 de agosto de 2012, não tinha vestígios de pólvora. "Não tendo sido feito prova que foi o arguido a efetuar o disparo impõe-se a absolvição", disse Susana Madeira, adiantando que o "tribunal não pode deixar de lamentar a morte de um ser humano", mas também "não pode ficar indiferente aos relatos de violência doméstica relatados" em audiência.