Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal de recurso confirma pena de 15 anos de prisão para 17 xiitas no Barém

Lusa

  • 333

Dubai, Emirados Árabes Unidos, 19 nov (Lusa) -- Um tribunal de recurso de Manama confirmou na segunda-feira a pena de 15 anos de prisão para 17 xiitas considerados culpados de um ataque contra a polícia no Barém, informou hoje fonte judicial citada pela agência AFP.

O tribunal reduziu para sete anos a pena de prisão para outros três indivíduos julgados no âmbito do mesmo caso, acrescentou a mesma fonte.

O grupo de xiitas foi julgado por tentativa de homicídio premeditado de polícias, entre outras acusações, depois de um ataque em fevereiro de 2012 contra um posto da polícia em Sitra, uma localidade perto de Manama, no qual um polícia ficou ferido, segundo dados oficiais.