Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal de Évora condena a 24 anos de prisão homem acusado de matar irmã

Lusa

  • 333

Évora, 11 jun (Lusa) -- O Tribunal de Évora condenou hoje a 24 anos de prisão Guilherme Páscoa, acusado de, há um ano, ter matado a irmã Ana Bívar, antiga subdiretora do Igespar, na cidade alentejana.

Na sessão de leitura do acórdão deste processo, que decorreu hoje em Évora, na ausência do arguido, o tribunal deu como provados os dois crimes de homicídio qualificado de que estava acusado.

Pelo crime de homicídio qualificado consumado, o arguido foi condenado a 20 anos de prisão, e, pelo crime de homicídio qualificado na forma tentada, o tribunal condenou Guilherme Páscoa a 12 anos de prisão.