Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal de Contas considerou que gestores de empresa pública cometeram ilegalidades

Lusa

  • 333

Lisboa, 29 jul (Lusa) - O Tribunal de Contas (TC) considerou que dois gestores da empresa pública AMBILITAL - Investimentos Ambientais no Alentejo cometeram ilegalidades ao autorizarem pagamentos relativos a três contratos que não submeteram à fiscalização prévia do TdC.

De acordo com um acórdão publicado hoje na página do TdC na internet, em causa estão três contratos de fornecimento que a AMBILITAL deveria ter submetido a fiscalização prévia para pronúncia do tribunal e que foram executados financeiramente pela entidade de capital maioritariamente público antes da pronúncia do tribunal.

A AMBILITAL é uma empresa intermunicipal de capitais maioritariamente públicos, criada por deliberação da Assembleia Intermunicipal da Associação de Municípios Alentejanos para a Gestão Regional do Ambiente.