Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal de Budapeste denuncia rede de corrupção desportiva

Lusa

  • 333

Budapeste, 23 mai (Lusa) -- O Tribunal de Budapeste acusou hoje 45 pessoas, entre eles jogadores de futebol, árbitros, treinadores e dirigentes desportivos, de pertencerem a uma rede de corrupção desportiva liderada por um cidadão de Singapura.

Segundo informou o tribunal da capital da Hungria, os acusados forneciam informações privilegiadas sobre encontros a T. S. Eng, de Singapura, que depois planeava a forma como os resultados poderiam ser manipulados.

Conhecidas as previsões dos encontros passíveis de ser manipulados, eram realizadas apostas em "escritórios na Ásia", de onde eram depois distribuídos os lucros entre os membros envolvidos na operação.