Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal de Braga condena a 15 anos de prisão jovem que matou padrinho à facada

Lusa

  • 333

Braga, 03 out (Lusa) - O Tribunal de Braga condenou hoje a 15 anos de prisão um jovem que matou com 27 facadas o padrinho, um aristocrata daquela cidade, num crime registado em outubro de 2012, no apartamento onde agressor e vítima viviam.

Nas alegações finais, o Ministério Público pediu a condenação por homicídio qualificado, um crime com uma moldura penal entre 12 e 25 anos de prisão.

A pedido da defesa, foi realizada uma perícia das faculdades mentais do arguido, que concluiu pela sua imputabilidade.