Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal de Aveiro aplica pena suspensa a mulher envolvida em burlas a ourivesarias

Lusa

  • 333

Aveiro, 26 fev (Lusa) - O tribunal de Aveiro condenou hoje a três anos de prisão, com pena suspensa, uma mulher que comprou diversas peças em ouro em ourivesarias da região, pagando-as com cheques furtados.

A arguida, uma empregada de mesa, de 31 anos, estava acusada de sete crimes de falsificação de documento e outros tantos de burla, um dos quais na forma tentada.

No entanto, a mulher chegou a acordo com todos os ofendidos para que estes desistissem da queixa-crime por burla, acabando por ser julgada apelas pelos crimes de falsificação, uma vez que se trata de um crime público, que não admite desistência de queixa.