Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal da Marinha Grande condena homem a oito anos de prisão por abuso sexual

Lusa

  • 333

Marinha Grande, 09 abr (Lusa) - O Tribunal da Marinha Grande condenou hoje um homem a oito anos de prisão, em cúmulo jurídico, pela prática de três crimes de abuso sexual de crianças e um crime de atos sexuais com adolescente, agravado por força de relação de parentesco.

O juiz Gil Vicente Silva deu como provado todos os crimes que constavam na acusação. O arguido, casado com a mãe da vítima, começou os abusos quando a criança tinha 10 anos.

"Em troca de um presente, a criança dirigiu-se-lhe para lhe dar um beijo na cara e ele beijou-a na boca. A seguir, mostrou-lhe o pénis e pediu-lhe para o acariciar. Em 2010, solicitou à criança sexo oral, com insistência. As ocorrências multiplicaram-se sempre que a vítima estava em casa sozinha com ele", adiantou o magistrado.