Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal confirma acusações da CMVM contra os 9 arguidos do caso BCP

Lusa

  • 333

Lisboa, 18 jan (Lusa) - O Tribunal de Pequena Instância Criminal deu hoje como provadas as acusações da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) contra os nove arguidos do caso BCP, confirmando as coimas totais superiores a 4 milhões de euros.

A juíza responsável pelo julgamento leu ao longo de duas horas e meia um "brevíssimo resumo", como a própria apelidou, da sentença que constava em 1.136 folhas, salientando o contributo dado pelos "depoimentos credíveis" das mais de 70 testemunhas envolvidas no processo para chegar ao seu veredicto.

Jorge Jardim Gonçalves, fundador e antigo presidente do BCP, viu confirmadas as contraordenações muito graves que deram origem a uma coima única de um milhão de euros, a mais elevada entre os nove arguidos que tinham recorrido do processo administrativo lançado contra eles pela CMVM.