Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal condena Continental Mabor a repor prémio a trabalhadores grevistas

Lusa

  • 333

Famalicão, 20 jun (Lusa) - O Tribunal da Relação do Porto confirmou a condenação da Continental Mabor, em Famalicão, a pagar a 12 trabalhadores os valores que lhes tinha descontado no prémio anual, por eles terem aderido a uma greve.

Aquela multinacional alemã distribuiu, todos os anos, uma parte dos lucros pelos trabalhadores, para incentivar a assiduidade, tendo para o efeito elaborado um regulamento que estipula que, por cada falta, o prémio sofre uma penalização de 10%.

Essa penalização foi aplicada aos trabalhadores que aderiram à greve geral de 24 de novembro de 2010, mas o sindicato não se conformou e recorreu para tribunal.