Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal aceita providência cautelar da Ordem dos Enfermeiros contra Ministério

Lusa

  • 333

Lisboa, 07 out (Lusa) -- A Ordem dos Enfermeiros anunciou hoje que o Tribunal Administrativo do Círculo de Lisboa aceitou a providência cautelar que tinha sido interposta contra o despacho que permite aos técnicos de ambulância prestarem cuidados de emergência pré-hospitalar.

Em comunicado, a Ordem indica que, com a aceitação da providência cautelar que interpôs novamente, depois de uma primeira ter sido recusada, o Ministério da Saúde e o INEM "estão impedidos de aplicar no terreno um modelo de emergência pré-hospiatalar assente em técnicos de ambulância e emergência".

Ainda segundo a Ordem dos Enfermeiros, aqueles técnicos passam agora a estar interditos de administrar medicamentos e aplicar técnicas invasivas, como entubação e acesso venoso.