Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Tribunal absolve suspeito de ter ateado incêndio no Funchal em agosto de 2010

Lusa

  • 333

Funchal, 09 abr (Lusa) -- O homem acusado de ter ateado o incêndio que em agosto de 2010 começou no concelho do Funchal e se alastrou a municípios vizinhos, provocando avultados prejuízos, foi hoje absolvido nas Varas de Competência Mista do Funchal.

"O senhor é absolvido, pese embora em sede de inquérito ter assumido parcialmente os factos", disse o presidente do coletivo de juízes, Filipe Câmara, explicando que "o tribunal não pode valorar essa confissão" porque, "legitimamente, optou por ficar em silêncio" no julgamento.

O tribunal deu como provado que a 12 de agosto de 2010, no local denominado Casa das Comissões, na freguesia de Santo António, "foi ateado fogo a cartão, papel, sacos, garrafas, erva e mato seco que se encontravam amontoados na fachada principal e na parte lateral" da casa que se situa junto a uma mancha florestal.