Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Treze polícias da divisão de Cascais vão responder em julgamento

Lusa

  • 333

Lisboa, 30 abr (Lusa) - O Tribunal de Instrução Criminal (TIC) decidiu hoje levar a julgamento 13 polícias da divisão de Cascais pelos crimes de associação criminosa para segurança privada ilegal, tráfico de droga, tráfico de armas, extorsão, corrupção e coação.

No caso do crime de tráfico de droga qualificado, o mesmo foi desqualificado para simples, tendo a juíza deixado cair também o crime principal de associação criminosa, por considerar que não ficou provada a existência de um grupo organizado que obtinha dinheiro com a prática de diversos ilícitos, na zona de Cascais e arredores, como defendia a acusação do Ministério Público (MP).

Durante a leitura da decisão instrutória, que decorreu hoje nas Varas Criminais de Lisboa, no Campus da Justiça, Maria Antónia Andrade pronunciou os 13 polícias e 16 dos 17 civis, pelo mesmo tipo de crimes, passando o processo a ter 29 arguidos.