Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Três suspeitos do ataque contra diretor artístico do Bolshoi declaram-se culpados

Lusa

  • 333

Moscovo, 06 mar (Lusa) - Os três suspeitos do ataque com ácido perpetrado contra o diretor artístico do Teatro Bolshoi, detidos na terça-feira, assumiram a culpa no crime, incluindo um solista da companhia de bailado daquele teatro, revelou hoje a polícia de Moscovo.

Pavel Dmitrichenko, que foi o mentor do ataque, Yury Zarutsky, que o levou a cabo, e o motorista Andrei Lipatov assinaram confissões escritas, disse a polícia num comunicado, citado pela agência AFP.

Serguei Filine foi atacado, em meados de janeiro, junto da sua residência no centro de Moscovo por um desconhecido que lhe lançou ácido sulfúrico contra o rosto, causando-lhe queimaduras graves, incluindo nos olhos.