Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Treinador Rogério Gonçalves afirma que não recebeu ordem para deixar Moçambique

Lusa

  • 333

Redação, 06 jun (Lusa) -- Rogério Gonçalves, treinador português do clube moçambicano do Ferroviário de Nampula, revelou hoje à agência Lusa que não recebeu qualquer indicação que terá de ser repatriado, garantindo que vai continuar a trabalhar normalmente.

O nome do técnico consta numa lista, enviada pelo Ministério de Trabalho Moçambicano à agência Lusa, de treinadores e jogadores do principal escalão do futebol daquele país africano, que estarão a trabalhar ilegalmente e, que por isso, terão de repatriados.

Perante estas informações, Rogério Gonçalves garantiu à Lusa que não recebeu qualquer ordem para deixar Moçambique, assegurando que a direção do seu clube, o Ferroviário de Nampula, está em Maputo, a averiguar a situação.