Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Treinador Litos nega que saída de Moçambique esteja relacionada com raptos

Lusa

  • 333

Maputo, 07 nov (Lusa) - O treinador português Litos negou hoje à Lusa que a sua saída de Moçambique esteja relacionada com a onda de raptos que assola Maputo, apontando razões de ordem familiar para deixar o país.

A imprensa moçambicana e portuguesa tem noticiado que Litos, que no último domingo se sagrou campeão moçambicano de futebol pela Liga Muçulmana, vai deixar Moçambique devido à onda de raptos nas cidades do país.

Em declarações hoje à Lusa, Litos repisou a decisão de regressar a Portugal, mas evocou motivos de índole familiar por detrás da saída de Moçambique.