Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Treinador de judo japonês que agrediu atletas olímpicas pede demissão

Lusa

  • 333

Tóquio, 31 jan (Lusa) -- O treinador da equipa feminina de judo do Japão, Ryuji Sonoda, demitiu-se do cargo, um dia depois das denúncias de maus tratos infligidos às atletas olímpicas, noticia hoje a imprensa japonesa.

De acordo com as agências de notícias nipónicas Jiji e Kyodo, Sonoda declarou que seria "difícil" para si continuar no cargo, e pediu desculpa às atletas pelos seus atos.

Quarta-feira, as autoridades nipónicas revelaram que as atletas da equipa olímpica de judo foram agredidas regularmente com espadas de bambu e esbofeteadas pelo seu treinador.