Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Transferência de verba da alta velocidade para a Parpública "não está sujeita a fiscalização prévia" - Tribunal Contas

Lusa

  • 333

Lisboa, 21 fev (Lusa) - O Tribunal de Contas disse hoje que o acordo de transferência para a Parpública dos 600 milhões de euros inicialmente destinados à alta velocidade Poceirão-Caia "não está sujeito a fiscalização prévia", pelo que "não há qualquer impedimento" à operação.

A Parpública sumbeteu ao TC o processo da transferência dos 600 milhões de euros em janeiro. No entanto, em declarações à Lusa, fonte do Tribunal de Contas (TC) disse que o acordo de transferência para a Parpública dos 600 milhões de euros "não está sujeito a fiscalização prévia" pela entidade presidida por Guilherme d'Oliveira Martins.

Desta forma, "não há qualquer impedimento" para que essa operação se realize, explicou a mesma fonte.