Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalho: UGT e confederações patronais vão pedir reunião a Cavaco

Lusa

  • 333

Lisboa, 11 set (Lusa) - A UGT decidiu hoje juntar-se às confederações patronais para pedir uma reunião urgente ao Presidente da República para lhe reivindicar "uma posição clara" sobre as novas medidas de austeridades anunciadas pelo Governo.

"Vamos pedir ao Presidente da República que assuma uma posição clara sobre as novas medidas de austeridade, nomeadamente que peça a fiscalização da constitucionalidade das mesmas", disse o secretário-geral da UGT em conferência de imprensa.

João Proença assegurou que o pedido de reunião será apresentado pela UGT e pelas quatro confederações patronais, ou seja, pelos signatários do acordo de concertação social assinado em janeiro.