Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalho escravo: Tribunal do Porto julga 59 suspeitos de exploração a portugueses em Espanha

Lusa

  • 333

Porto, 22 nov (Lusa) - O Ministério Público (MP) enviou às Varas Criminais do Porto um megaprocesso que relaciona 59 arguidos com a sujeição de portugueses a trabalho escravo em quintas espanholas, disse hoje fonte ligada à investigação do caso.

O início do julgamento vai aguardar que o tribunal termine outro megaprocesso, este relacionado com burlas à ADSE, explicou fonte do tribunal.

Sem excluir mulheres, algumas das quais relataram abusos sexuais, os arguidos privilegiavam o recrutamento de homens e, de entre estes, os de baixa escolaridade, oriundos de famílias desestruturadas, padecendo de alguma deficiência física ou psíquica ou viciados em álcool e/ou drogas, especifica o MP, numa acusação de 400 páginas.