Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores votaram manter greve de recolha do lixo em Sevilha, que dura há 10 dias

Lusa

  • 333

Sevilha, Espanha, 06 fev (Lusa) -- Os trabalhadores do serviço de recolha do lixo de Sevilha (Espanha) votaram hoje manter a greve que dura há dez dias, em protesto contra cortes salariais, e que já deixou acumuladas mais de 6.000 toneladas de resíduos na cidade.

A decisão foi tomada numa assembleia à porta da empresa Lipasam, que tem o contrato de limpeza da cidade, onde o lixo se acumula há 10 dias, causando problemas ambientais importantes.

Os trabalhadores rejeitaram assim uma nova proposta de um corte salarial de 3,6% (inicialmente era de 5%) apresentada pela empresa aos trabalhadores e rejeitada a gritos de "greve, greve" na assembleia.