Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores Social Democratas reconhecem motivos para adesão à greve geral

Lusa

  • 333

Lisboa, 08 jun (Lusa) - Os Trabalhadores Social Democratas (TSD) assumiram hoje que existem "fortes motivos" para que os seus associados adiram à greve geral convocada pelas duas centrais sindicais para dia 27 de junho, deixando à sua consideração a adesão ao protesto.

Em comunicado enviado após a reunião do Conselho Nacional, que decorreu em Lisboa, a estrutura sindical autónoma do PSD refere que "encara com normalidade o exercício do direito constitucional da greve".

"Os TSD assumem que existem fortes motivos de insatisfação por parte dos trabalhadores portugueses, nomeadamente ao nível da Administração Pública, e partilham, também, das gravosas consequências que as políticas de austeridade ditadas pela situação difícil em que Portugal se encontra têm causado aos trabalhadores do nosso País", lê-se no comunicado.