Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores dos transportes de Coimbra aderem à greve geral

Lusa

  • 333

Coimbra, 30 mai (Lusa) -- Trabalhadores dos Serviços Municipalizados dos Transportes Urbanos de Coimbra (SMTUC) decidiram hoje aderir à greve geral, convocada para final de junho, pelas estruturas sindicais da administração pública afetas à UGT e à CGTP.

A decisão visa protestar contra "um conjunto de medidas que o Governo está a querer impor" e a falta de condições de trabalho e de meios da empresa, disse à agência Lusa Carlos Cristina, motorista dos SMTUC e dirigente do Sindicato Nacional dos Trabalhadores da Administração Local e Regional (STAL).

"O aumento do horário de trabalho" e "a redução do pagamento das horas extraordinárias" são algumas das medidas do Governo que os funcionários daquela empresa municipal contestam, adiantou o sindicalista, sublinhando que "um motorista que entre agora para os SMTUC ganha 485 euros por mês (ordenado mínimo nacional)" e "menos de quatro euros por cada hora extraordinária".