Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores dos CTT deixam de ter cortes nos salários com privatização - administração

Lusa

  • 333

Lisboa, 23 out (Lusa) - O conselho de administração dos CTT informou hoje que os salários dos trabalhadores vão deixar de sofrer cortes assim que a empresa for privatizada, o que está previsto até final do ano, segundo um comunicado a que a Lusa teve acesso.

No comunicado interno, enviado em véspera da greve convocada pelos sindicatos contra as medidas do Orçamento do Estado para 2014, cortes nos salários e a privatização, a administração refere que "as reduções remuneratórias que forem determinadas para as empresas públicas em 2014 já não se aplicarão aos CTT" com a venda da maioria do capital a privados.

O Governo quer privatizar os CTT até final do ano, ficando o Estado com 30%, posição que, posteriormente, será alienada.