Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores da Saint Gobain Sekurit protestam contra despedimentos

Lusa

  • 333

Loures, 05 mar (Lusa) -- Cerca de duas centenas de trabalhadores da empresa vidreira Saint Gobain Sekurit Portugal (SGSP), em Loures, manifestaram-se hoje contra a intenção da administração de despedir 45 pessoas e de encerrar duas linhas de produção.

A ação de protesto decorreu junto às instalações da empresa em Santa Iria da Azoia, Loures, e juntou antigos e atuais trabalhadores da SGSP, que é a única fábrica de vidro automóvel em Portugal e onde trabalham atualmente 206 pessoas.

"A principal razão para o nosso protesto é a intenção da administração da empresa proceder a um despedimento coletivo de 45 trabalhadores com o pretexto de que estão a ser reduzidas as encomendas. Mas isso não corresponde à verdade", afirmou à agência Lusa Pedro Milheiro, da comissão de Trabalhadores da SGSP.