Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores da RTP/Porto apreensivos face a futuro, administração diz manter aposta

Lusa

  • 333

Vila Nova de Gaia, 15 jul (Lusa) -- A Subcomissão de Trabalhadores da RTP/Porto mostrou-se hoje apreensiva face ao futuro, lamentando que as "promessas" da administração não se tenham concretizado, enquanto a empresa disse manter-se comprometida com o Centro de Produção do Norte.

Num comunicado intitulado "Promessas de inverno, amores de verão", os trabalhadores da RTP/Porto lembraram que, na sequência da transferência da produção do programa "Praça da Alegria" para Lisboa, a administração da estação pública fez "uma série de promessas", entre as quais que "a produção própria para a RTP2 seria integralmente assegurada a partir do Porto", algo que na realidade atual, segundo a Subcomissão de Trabalhadores, se encontra "entre o quase nada e o muito pouco".

"Todos os sinais que nos surgem se afirmam no exato sentido contrário das promessas, mesmo das reafirmadas em reuniões e encontros mais recentes. Sabemos que a hora de decisões importantes está a chegar. Mas não contem connosco para sermos apanhados na curva", sublinhou a Subcomissão de Trabalhadores, acusando a empresa de recorrer a empresas externas para a produção de vários programas.