Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores da RTP dizem que argumento para fehar estação grega é "bem conhecido" em Portugal

Lusa

  • 333

Lisboa, 12 jun (Lusa) -- A Comissão de Trabalhadores da RTP disse hoje que o encerramento da estação pública de rádio e televisão grega torna o país no único membro da União Europeia sem serviço público de informação usando um argumento bem conhecido em Portugal.

Lamentando a decisão do governo que "de forma fulminante e sem aviso prévio" encerrou a ERT, a Comissão de Trabalhadores da RTP recorda que a medida permite calar uma estação que "apenas fora silenciada, temporariamente, durante a ocupação nazi".

Classificando a medida como um "golpe de mão", a mesma comissão diz que os argumentos utilizados para a decisão -- o custo de operação -- são "bem conhecido(s) em Portugal" e defendeu não existir qualquer problema porque a estação era financiada por uma taxa de audiovisual.