Visão

Siga-nos nas redes

Perfil

Trabalhadores da RTP classificam entrevista do presidente como terrorismo

Lusa

  • 333

Lisboa, 31 jan (Lusa) -- O porta-voz da comissão de trabalhadores da RTP considerou hoje a entrevista dada na quarta-feira pelo presidente da empresa como "uma atitude de terrorismo empresarial" e exigiu conhecer o projeto pensado para a reestruturação da estação pública.

"A entrevista pareceu-me mais uma atitude de terrorismo empresarial em que se agita o medo e o espetro do despedimento coletivo para assustar os trabalhadores da RTP e inquietar o seu público", afirmou à Lusa Camilo Azevedo.

O presidente da RTP, Alberto da Ponte, disse na quarta-feira à estação pública que o grupo terá uma grande "disciplina de custos" no novo programa de reestruturação e admitiu que a empresa "pode estar sobredimensionada" no número de trabalhadores.